Home / Event / Dentes Impactados

Dentes Impactados

Dentes Impactados
Mar
3

DENTES IMPACTADOS

denteimpactadoSISOS ou terceiros molares são os últimos dentes a se desenvolverem e que aparecerem em sua boca. Eles erupcionam atrás do segundo molar inferior e superior entre as idades de 17-25 anos.

 

 

O QUE É UM DENTE IMPACTADO?

Quando um dente não aparece completamente na boca e potencialmente não dá mostras de que o fará, diz-se que é ‘impactado’. Em geral, dentes impactados são incapazes erupcionar porque não tem espaço suficiente para isto. Nove entre cada dez pessoas tem pelo menos um dente siso impactado.

QUÃO SERIO É UM DENTE SISO IMPACTADO?

Um dente impactado pode levar a uma série de problemas de saúde. Pode comprimir outros dentes, e raízes ou prejudicá-los. Um dente impactado pode ser doloroso e infectar (Pericoronarite).

COMPLICAÇÕES CAUSADAS POR DENTES IMPACTADOS

(a) infecção     (b) comprimir, prejudicar     (c) cisto

A idade ideal para se remover os sisos gira em torno dos 16 aos 18 anos, pois nessa idade o siso apresentam suas raízes não completamente formadas, o osso que o circunda é mais macio (medular), e há menor possibilidade de se afetar nervos próximos ou outras estruturas. A remoção do siso numa idade posterior se torna mais complicada devido ao completo desenvolvimento das raízes (pode envolver o nervo) e o osso do maxilar estar mais denso. 

Muitos problemas podem surgir se a cavidade circundando o dente impactado encher-se de fluído e alargar-se, formando um cisto. Com o crescimento do cisto, este pode criar um vazio no maxilar e prejudicar os dentes adjacentes, o osso ao redor e nervos de forma permanente. Ainda que raramente, um cisto pode evoluir para um tumor sendo necessário uma cirurgia para removê-lo.

DEVO EXTRAIR O DENTE MESMO SE AINDA NÃO ME CAUSA PROBLEMAS?

Muitos acreditam que desde que não estejam sentindo dor não tem de que se preocupar em relação ao dente siso. Entretanto, “assintomáticos” ou “livre de dor” não quer dizer que não haja doença ou patologia.

Bactérias que causam a doença da gengiva podem existir em números clínicos significantes nos terceiro molares assintomáticos e em volta deles, e causar dano mesmo antes que os sintomas se façam sentir. Sisos impactados podem contribuir para uma serié de problemas, tais como; infecção, dano a dentes vizinhos, deterioração dos dentes, gengivas retraídas, dentes frouxos, perda óssea e perda dental. Pesquisas sugerem que bactérias ao redor do dente siso podem estar contribuindo sistematicamente para problemas de saúde incluindo o diabetes e doenças cardíacas, doença renal e outras. Outros estudos concluíram que a doença das gengivas em mulheres grávidas está fortemente associada a uma probabilidade maior de bebes prematuros e de abaixo do peso.

O siso numa pessoa jovem geralmente tem um sistema de raízes incompleto, tornando a cirurgia para sua remoção um processo relativamente simples. Ao passo que o siso está formando suas raízes, alongam-se e podem se enroscar nos nervos sensoriais que passam através da mandíbula ou a área do seio maxilar. 

Nestes casos talvez seja mais difícil remover o siso e complicações podem ser mais prováveis de ocorrer.

QUANDO DEVO REMOVER MEU DENTE SISO?

Não é boa coisa esperar até que seu siso o esteja chateando. Em geral, quanto mais cedo se remover o dente siso mais fácil e rápido será o processo de cura. Pesquisadores da AAOMS/OMSF concluíram que pacientes mais velhos estavam mais propensos a doença, incluindo a periodontite, nos tecidos adjacentes aos terceiro molares e dentes vizinhos.

posições-do-siso

O QUE ACONTECE DURANTE A CIRURGIA?

Antes da cirurgia, seu cirurgião bucomaxilofacial irá discutir extensivamente o procedimento com você e lhe dirá o que esperar. Está é uma boa hora de se fazer perguntas e expressar suas preocupações. É especialmente importante fazer saber ao médico sobre qualquer doença que você talvez tenha, bem como medicamentos em uso.

A relativa facilidade com a qual o siso pode ser removido dependerá de várias situações, tais como a posição do dente e o desenvolvimento das raizes. Sisos impactados talvez requeiram um procedimento cirúrgico mais complicado.

A maioria das extrações de sisos são realizadas de forma rotineira com pouco ou nenhum desconforto ao paciente, na clínica de cirurgia bucomaxilofacial com anestesia local, sedação intravenosa ou anestesia geral. Seu cirurgião recomendará a melhor opção de anestésico para seu caso.

O QUE ACONTECE APÓS A CIRURGIA?

Imediatamente após a cirurgia você ficara em repouso por algum tempo na clinica. Durante este tempo de recuperação, o cirurgião ou um assistente irá monitorar seu estado antes de liberá-lo para ir para casa, com seu acompanhante.

Antes de deixar a clínica você receberá instruções específicas para seguir nos dias a frente. Talvez se peça a você que mude sua dieta de forma a comer alimentos mais macios e beber fluídos. A medicação que lhe será prescrita o fará sentir-se confortável. De forma geral, em relativamente pouco tempo você estará pronto a retomar sua rotina normal de atividades.

E SE EU DECIDIR FICAR COM MEU DENTE SISO?

Se mesmo após discutir sua situação com seu cirurgião bucomaxilofacial e você decidir manter seu siso, é importante acordar um plano a longo prazo para o monitoramento da saúde e condição geral do dente e do tecido da gengiva na área do terceiro molar. A maioria dos cirurgiões bucomaxilofaciais acreditam que raios-X que permitam observar o siso e osso adjacente, é um exame clínico que determina se há desenvolvimento de qualquer patologia e que devem ser feitos a cada ano.

ALÉM DOS SISOS QUAIS SAO OS OUTROS DENTES IMPACTADOS? 

Pacientes podem apresentar outros dentes impactados que não seja o siso. Pode ser encontrado em uma radiografia panorâmica de rotina, pré-molares e caninos impactados. Esses poderão ter indicação para remoção ou tracionamento.

O QUE É TRACIONAMENTO? 

Tracionamento consiste na abordagem ao dente impactado e posterior colagem de um dispositivo ortodôntico para que seja tracionado para a arcada dentária.

Cirurgiões bucomaxilofaciais do CDF são um elo importante na rede de referência de prestadores para que os pacientes possam ter acesso a cuidados de saúde apropriados, e de preço justo para situações relacionadas a especialidade. 

A informação fornecida nesta publicação não intenciona ser substituto do aconselhamento, diagnose e tratamento. É fornecida para ajudá-lo a se comunicar de forma eficiente conosco. Busque sempre a orientação de seu cirurgião bucomaxilofacial em assuntos relativos a sua saúde bucal.

Top